Print this page

Canil - Nossa criação

Meu primeiro contato com o cane Corso foi em 2003, quando minha esposa e eu procurávamos um cão de guarda para nossa residência. Nossas exigências incluiam não só um cão que fosse eficaz na proteção, mas também pudesse ser uma companhia confiável na presença das crianças pequenas. Dentre todas as raças pesquisadas, a que mais nos chamou a atenção foi o Cane Corso, desconhecida para mim até então. Fomos visitar um dos raros criadores da raça na época e pudemos confirmar a aptidão do Cane Corso como guardião e sua paciência infinita com as crianças. E foi assim que em Maio de 2003 chegou em nossa casa a Toia (oficialmente Ambra do Batur Indah).

 

Desde o início essa maravilhosa corso fulva me surpreendeu por suas qualidades, confirmadas na vivência com um pequeno círculo de apaixonados pela raça. O entusiasmo e a admiração pelas incontáveis qualidades desta raça acabaram me levando a estudá-la de forma intensa, devorando todo o material escrito existente, traduzindo boa parte do material da SACC (entidade que tutela a raça na Itália) do italiano para o português e das longas conversas com as outras pessoas envolvidas na criação nacional e finalmente o contato com alguns criadores italianos. O início da minha criação foi quase uma consequência de toda a dedicação, entusiasmo e paixão pelo Cane Corso. São poucos anos, mas vividos de forma intensa e constante. Através desta vivência, do estudo e da troca de experiências com os criadores brasileiros e italianos, cheguei aos critérios que hoje regulam meu trabalho:

 

EQUILÍBRIO - prioridade máxima para as qualidade psiquicas (principalmente vigilância, têmpera e docilidade);

 

SAÚDE - de forma geral e mais especificamente o controle rigoroso da displasia coxo-femural;

 

TIPICIDADE e aderência ao padrão da raça;

 

 

Na busca de melhorar a qualidade do plantel e buscando aproveitar os avanços realizados na Itália nos últimos anos, em 2007 fui à Itália buscar um corso macho, Lars della Porta Dipinta. Foi uma reserva realizada quase dois anos antes junto ao Massimo Frascari, criador de grande inteligência e capacidade, que soube estabelecer uma importante linha de sangue, derivada do trabalho pioneiro dos Malavasi (allevamento dell'Antico Cerberus).

(Conan dei Dauni, 2007)

 

 

Filosofia de criação

 

Antes de estabelecer nossa filosofia de criação, é necessário descrever a nossa visão sobre o Cane Corso. Este exercício é essencial para que nossos critérios tenham algum embasamento e apontem numa direção. A ausência de critérios seletivos fariam de mim um simples mercador de filhotes.

O primeiro aspecto é a função do Cane Corso, considerando sua história. O Cane Corso é um animalLars e Nala que sempre trabalhou em forte contato com o homem, tanto em sua atuação como coajuvante na caça como na guarda do rebanho ou na defesa territorial. As tarefas 'históricas' do cane corso exigiam um cão dócil (facilmente controlável pelo dono), de forte têmpera (capaz de suportar a pressão de uma caçada ou ataque de animais selvagens), alta combatividade e grande capacidade de vigilância. Estas características foram construidas ao longo do tempo e é muito importante que sejam preservadas, pois grande parte do fascínio que a raça produz vêm de suas características e acima de todas seu incomparável equilíbrio. Outro aspecto característico e desejado da raça é sua rusticidade, que se traduz na resistência física e saúde. Desde que protegido do vento, chuva e humidade não deve exigir cuidados muito rebuscados. Tampouco requer escovação ou limpeza. A saúde, principalmente em animais de raça pura, deve sempre ser observada com particular atenção. O Cane Corso, da mesma forma que outras raças de crescimento rápido está sujeita à displasia coxo-femural e, em menor medida, à displasia do cotovelo. Devido sua forte componente genética é essencial o controle dos animais utilizados em reprodução. Nenhum casal de Cane Corso deveria ser utilizado na reprodução sem uma adequada avaliação de suas leituras radiográficas.

 

Em seu país de origem, o Cane Corso conta com uma associação de tutela da raça, que, entre outras coisas, exige dos criadores o controle obrigatório da displasia coxo-femural, opcionalmente o controle do cotovelo e a atribuição do título de campeão somente aos cães submetidos a um teste de comportamento na defesa (CAL2). Infelizmente ainda não contamos com estes controles no Brasil, mas nada nos impede de seguir os mesmos critérios adotados por lá.

 

Gostaria de dizer algumas palavras sobre a côr. É minha firme convicção que os demais quesitos são tão mais importantes, que a seleção pela côr me parece não só frívola como prejudicial ao futuro da raça. Não é razoável, ao meu ver, privilegiar a côr quando são identificados problemas de estrutura, temperamento ou de causa genética. Apesar de uma ótima companhia, o Cane Corso permanece essencialmente um cão de trabalho e como tal, suas qualidades físicas e comportamentais devem ser prioridade acima de quaisquer outras.


Página anterior: O Guardião Inteligente
Próxima página: Artigos


Alimentamos nossos cães com
ração super-premium plus
Rações Super-Premium Plus QualyPet distribui as rações em São Paulo

 

www.sitedocachorro.com.br Este site do
Anel Brasileiro de Cinofilia
é mantido por:
Tergestum
[Anterior] [Aleatório] [Próximo]
[Lista de Sites] [Entrar p/ o anel]
Cane Corso Site Ring
Ring Owner: Leilani Site: California Cane Corso
Go to previous site at Cane Corso Site Ring Go to list of sites at Cane Corso Site Ring Go to random site at Cane Corso Site Ring Add your site to Cane Corso Site Ring Go to next site at Cane Corso Site Ring